Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Nightmares Between Dreams

Nightmares Between Dreams

Capitulo 22

Pela Diva Pandi, em 24.02.15

Gente, sexo em capitulo duplo, euheuheuehuehuhe, meu deus.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Eu acordei no meio da noite com dores no corpo,  cutuquei Oli.
Oli: Que foi? (voz de sono)
Mona: To com dores. Pega o remédio pra mim?
Oli: Ta. (bocejando)
Ele levantou saiu do quarto e depois voltou com um copo de água e remédio na outra mão. Andou até mim e se sentou eu fui pegar o remédio mais ele afastou a mão.
Oli: Não. Abre a boca.
Eu abri e ele colocou (hm vcs devem ta pensando que ele vai colocar outra coisa na boca dela ne?  Suas mente purdy) o remédio na minha boca e depois me deu água pra engolir. Depois ele deitou, e eu subi encima dele me deitando.

(gnt, num achei uma foto, então peguei esse desenho mesmo)

Oli começou a mexer no meu cabelo.
Oli: Que foi?
Mona: Nada, só é confortável.
Oli: Ta me chamando de gordo?
Mona: Não seu idiota, pelo contrario você é gostoso kkkkk, mais eu gosto de ouvir seu coração.
Oli: I'm sexy baby. kkkkkk
Mona: Seu tonto.
Sai de cima dele e deitei de lado.
Oli: Que foi?
Mona: Nada, vamo dormi c:
Oli: Ta bom.
Ele me abraçou de novo de conchinha e nós dormimos.
De manhã eu acordei e fiquei parada.
Mona: Oli, acorda... Porra OLI.
Oli: Ai Mona, que foi?
Mona: Me diga que isso não é uma ereção?
Oli: Ai... Merda.
Mona: Legal, você acordou com o pau duro na minha bunda.
Oli: Desculpa.
Eu tirei a coberta pra tentar levantar mais ainda tava muito fraca. Oli me olhou (ela ainda tava semi nua).
Oli: Isso não ajuda Mona. 66'
Eu olhei pra ele e depois pra baixo, ele tentou esconder mais eu já tinha visto. Eu também fiquei exitada, e ele percebeu. Ele se aproximou e me beijou devagar e eu retribui.

Mona: Me desculpa, acho que bati a cabeça no acidente.
Oli: kkkkkk ok.
Ele voltou a me beijar, eu não aguentei e comecei a beijar ele de linguá. E senti um sorriso nos labios dele.
Oli: Mona, se a gente começar eu não vou me segurar.
Mona: Eu também não. Mais seu irmão e seus pais tão ai então não tem como.
Oli: Que se foda.
Mona: Então me fode.
Ele olhou pra mim um pouco surpreso mias começou a me beijar rápido e intensamente, ele segurou meus braços encima da minha cabeça e segurou minhas pernas com as dele, me impedindo de me mexer.
Mona: Você também ta muito safado hoje. 66 (voz de sexy de tesão)
Oli: Você me deixou assim tambem.
Ele soltou meus braços tirou minha calcinha e meu sutiã, abriu minhas pernas e desceu a cabeça fazendo um percurso do meu pescoço até meus peitos dando uma chupadinha em cada, descendo mais até chegar na minha parte intima e começou com chupadinhas leves, depois foi enfiando a linguá.

Eu gemia o nome dele baixinho.
Mona: Ooolii, aaah.

Eu gozei depois de um tempo e Oli chupou tudo. Depois subiu e me deu mais umas chupadas no peito e umas no pescoço. Depois eu me sentei com uma ajudinha dele e ele tava de pau duro, eu peguei e ele ficou constrangido como da primeira vez, eu comecei a movimentar a não então eu fiquei de joelho e beijei ele pra ele não ficar tão constrangido ele começou a dar umas gemidinhas então me afastei e sentei e me inclinei pra frente e comecei a chupar, era grande e eu não consegui por tudo na boca, mais mesmo assim ele gemia.
Depois ele puxou minha cabeça e gozou. E eu fiquei constrangida e ele também mais mesmo assim ele me beijou e me deitou de novo.
Mona: conhece alguma coisa nova pra me mostra? 66'
Oli: Sim, mais não sei se ta pronta.
Mona: Porque?
Oli: Você é minha safada, mais não ta tanto e você ficaria constrangida.
Mona: Então me fala o que seria.
Oli: Hm... Seria... Eu... Te... Amarrar... Na... Cama...
Mona: Ah...
Eu fiquei vermelha só de imaginar. Mais olhei pra ele e fiz uma cara de safada.
Mona: Ta bom. 66'
Dei uma arranhadinha no peito dele e ele uma mordidinha no meu ombro.

Ele ficou surpreso mais prendeu meus braços na cama, mais deixou minhas pernas livres. Depois ele pegou e começou a me beijar e depois deu mais umas chupadas nos meus peitos.
Ele pegou uma camisinha e colocou depois devagarzinho foi colocando

Eu fui fechar as pernas pois doeu um pouco mais ele segurou e deixou elas abertas, depois ele tirou devagarzinho e eu dei uma gemidinha, ele pegou minhas pernas e segurou enquanto colocava de novo mais dessa vez foi rapido, ele começou a por e tirar e eu gemia, eu me contrai e me arqueava na cama e ele começava a ir mais rapido.

(gnt, lembre que ela ta amarrada u,u)
Mona: aaaaaah, Oli.
Eu não estava aguentando segurar os meu gemidos. Ele começou a ir mais rápido e comecei a gemer mais.
Mona: aaaaaaah, aaaaah... Olliveeeeeeeeeer.

Meus gemidos foram ficando mais altos e os de Oli também, eu comecei a me contrair mais e puxou a minhas mão mais não dava porque estava presa, agarrei a cabeceira da cama e minha mão escapou e eu consegui soltar uma mão, agarrei ele e ele começou a ir mais rápido, eu comecei a ter orgasmos. Agora eu gemia extremamente alto.
Mona: AAAAAAAAAAAH, OLI. VAAAI DEEEEEEEEEEAAAAAAAAAAAAAAAAH.
Ele tentou tampar minha boca mias estava muito bom e tambem não consegui e estava gemendo, mais meus gemidos abafavam o dele. Eu arranhei as costas dele e ele gritou de dor.
Oli: AAAI.
Mona: AAAAAAAAAAAAAAAAH, OLLIVEEEEEEEEEEEEEEEEEAAAAAAAAAAAAAAH, OOOOOOOOOOH MY GOD.
AAAAAAAAAAAAAAH.
Então nós estavamos quase gozando. Oli se aproximou do meu ouvido e gemeu.
Oli: Juntos.
Mona: Taah AAAAAAAAAAAH.

Mona: aaah...
Oli: aah...
Nós ficamos um pouco daquele jeito pra respirar, eu comecei a vacilar.
Mona: Eu preciso da  Bom-Bombinha...
Oli levantou e pegou colocando nós meus lábios e usando. Depois soltou minha outra mão e foi até o banheiro, colocou uma box e veio até mim. Abriu minhas pernas de novo e começou a me chupar devagar, mesmo de vagar eu fava uma gemidinhas.
Mona: aah, você gosta de me ver gemer née? huuum, aaah. Porra Olliver.
Ele começou a enfiar a lingua e eu comecei a gemer o nome dele baixinho. Depois eu gozei e ele parou.
Oli: Não, eu gosto de te ouvir gemer meu nome.
Ele veio até mim e me beijou.
Mona: Você é mau.
Oli: Fala isso de novo 66'.
Mona: Ai, você é mau.
Ele subiu até mim e me deus uns chupoes nos peitos e no pescoço e umas mordidinhas na minha barriga. Que depois ficaram assim:

E as costas dele porque eu arranhei assim:

Mona: Me desculpa penas costas.
Oli: Me desculpa pelos chupões.
Ele colocou minha calcinha em mim e depois me deu uns beijinhos na minha barriga até chegar na minha boca e me beijar intensamente. Depois ficamos deitados, na hora do almoço, Oli pegou comida pra gente e trouxe no quarto, um, porque eu não consegui me levantar e dois, porque eu gemi alto e devo ter acordado todo mundo com meu gemidos.

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo