Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Nightmares Between Dreams

Nightmares Between Dreams

Capitulo 21

Pela Diva Pandi, em 24.02.15

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Ta bom eu aprendi, não importa o quanto uma pessoa te é importante, pode ser pouco ou muito, mais você nunca vai esquecer ela, porque nessa trajetória que vocês passaram, não importa se for pequena, ela te ensinou algo, mesmo que também pequeno. Como contar até 10. (Ow gnt, sou mto escritora u.u)

Eu acordei e Oli estava me olhando e mechando no meu cabelo. Então ele me abraçou e me deu um beijinho na bochecha.

Eu virei a cabeça pra ele e o beijei. Ele se levantou.
Oli: Peguei comida pra você, come um pouco.
Mona: Ai meu deus, to morta de fome :v
Oli: Nousa, gorda.
Mona: Eu não quero ficar no hospital Oli, vamo pra casa, eu ja to melhor.
Oli: Mona, não sei se é uma boa ideia.
Mona: Por favor, vamo.
Oli: Vamo fala com o medico primeiro então.
Mona: Ta bom.
Eu terminei de comer e Oli chamou o medico.
Medico: Bom, ela pode ir, ja esta melhor e fora de risco. Mais recomendo repouso de uma semana e eu vou receitar uns remédios pra dor, e um pra fazer dormir.
Mona: Ok, quando eu posso ir?
Medico: De tarde você ja pode ir. Só vou fazer mais uns exames.
Ele olhou meus olhos com a lanterna, fez testes de visão e depois apalpou minhas pernas pra ver se eu tinha sensibilidade nelas, e fez o mesmo com meus braços e por utimo deu uma olhada na minha garganta.
Medico: Tudo certo, só recomendo repouso mesmo e você vai ter um dificuldade de andar de novo, mais é temporário.
Mona: Ta bom.
De tarde Oli arrumou minhas coisas e pegou uma roupa pra mim.
Mona: Você vai ter que me ajudar a me vestir.
Oli olhou pra mim vermelho.
Oli: Ta bom.
Mona; Que foi que ta constrangido, quem deveria ta assim é eu.
Oli: É que sexo é uma coisa née Mona, olhar seu corpo é outra.
Mona: Ta bom. Mais vou precisar de ajuda, tipo preciso me sentar.
Ele me ajudou a me sentar e tirou minha camisola. Eu estava sem sutiã e ele olhou pro meus peitos depois desviou os olhos pra mala e pegou meu sutiã. Eu passei meu braços nele e ele abotoou atras.
Mona: Nunca imaginei que te veria colocando meu sutiã kkkkkkk.
Oli: kkkkkkkk tonta.
Depois ele pegou minha blusa de frio, eu ergui os braços e ele colocou.
Oli: Ergue as pernas.
Eu ergui e ele colocou minha calça, não consegui me sustentar muito com os braços e quase cai mais ele me segurou. Ele me colocou de pé.
Oli: Se segura em mim.
Eu coloquei os braços envolta do pescoço dele e ele puxou minha calça até a cintura e me sentou na cama, e abotoou.
Mona: Meia?
Oli: kkkk você acha que eu ia esquecer das suas meias, você ama ficar de meia andando por todo lugar.
Mona: Onw, que lindo mô. Me conhece melhor do que eu.
Oli: kkkkkk. Prontinho, ta vestida.
Mona: Meu deus estou sonhando, só pode.
Oli: kkkkkkkk sua tonta. Vemk
Ele se aproximou e me beijou.
Oli: Vamo.
Eu coloquei os pés no chão, Oli me segurou pela cintura me sustentando.
Mona: Ai, ta doendo, não consigo.
Oli: Ta.

Oli: Prontinho.
Mona: Ui, kkk você nunca me carregou no colo.
Oli: Na verdade ja. No primeiro dia, você dormiu no chão e eu te coloquei na cama(1º capitulo).
Eu sorri pra ele.
Mona: Sabia que alguem tinha me colocado na cama kkkkkkkkk.
Oli: kkkkkk.
Ele me levou assim até o carro, todos ficaram olhando.
Mona: Ai que vergonha.
Escondi meu rosto no peito dele e fechei os olhos.
Ele me soltou e me ajudou entra no carro. Depois entrou também. Fomos pra casa e chegando ele me pegou no colo e me levou pro quarto. E me encostou na mesa pra colocar a chave e o celular. Eu beijei ele rapido, e ele ficou surpreso no começo mais retribuiu.

Depois ele tirou minha blusa e desbotou minha calça abaixando e colocando a mão na minha parte intima, eu gemia o nome dele baixinho.
Mona: aaaah, Oli.

Percebi que ele também estava exitado. Eu tirei a blusa dele, ele estava desabotoando a calça então eu deitei na mesa e ele veio pra cima.

Ele começou a be beijar e nós derrubamos tudo e fizemos muito barulho, mias ele não parou de me beijar.
passionate kiss passionate gif
Der repente a mão dele apareceu na porta dizendo.
Daisy: O que acontec...?
Oli saiu de cima e me puxou pra ele subindo minha calça de volta e me abraçando pra esconder que eu estava sem blusa. Eu enterrei meu rosto no peito dele, mais percebi que também estava envergonhado.
Daisy: Ah, o.O me desculpe eu não queria interromper.
Oli: Ah, mãe só da licença por favor.
Daisy: Ta.
Ela dei meia volta e foi embora.
Oli foi comigo até a porta e fechou.
Depois me colocou na cama e eu deitei. Ele ainda estava envergonhado.
Oli: Eu vou tomar um banho.
Mona: Eu vou dormir um pouco então.
Oli: Ta bom.
Eu deitei de lado e fechei os olhos mais não dormi, ouvi o chuveiro e depois ele desigando. Ele demorou um pouco e depois saiu. Oli veio até mim.
Oli: Oi, demorei?
Mona: Não.
Oli: Que foi?
Mona: To exitada.
Oli me olhou, me levantou e me deitou na mesa de novo.
Oli: Da onde paramos 66'
Mona: Ta bom.
Ele me beijou mais e desabotoou minha calça.

E começou a me masturbar.
Mona: aah, Oli.
Oli: Geme baixinho.(sussurrou no meu ouvido)
Mona: Porra Oli, aaah, você sabe como me exitar ein.
Oli: Você também sabe.
Ele me puxou e me sentou, e eu encostei na parede. E desabotoei a calça dele e ele tirou.
Mona: Deixa eu tentar uma coisa?
Oli: Hã... oque?
Eu fiquei vermelha e ele me olhou.
Oli: Que foi Mona?
Ele subiu as mãos.

E desabotoou meu sutiã.
Depois me tirou da mesa e me deitou na cama devagar e eu puxei ele.

Eu empurrei ele fazendo ele ficar de pé e eu fiquei sentada, eu peguei o pênis dele ele ficou constrangido. Eu comecei a mover a mão nele e ele mesmo constrangido dava uma gemidinhas. Eu peguei e me aproximei e coloquei na boca.
Oli: Mona, aah, não precisa fazer isso.
Eu tirei da boca e também estava extremamente constrangida.
Mona: Desculpa.
Oli: Não precisa se desculpar.
Eu me aproximei de novo, coloquei na boca e comecei a movimentar. Era esquisito mais depois eu me acostumei. Oli gemia muito.
Oli: Mona, para, eu vo goza.
Eu tirei da boca e me afastei e ele gozou.
Depois ele veio pra cima de mim de novo e voltou a me beijar, depois parou e colocou a mão na minha parte intima e começou a me masturbar de novo.

Mona: aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaah, Oli, AAAAAAAAAAAAAH
Eu gozei, ele parou depois colocou a camisinha.
Mona: Vai devagar.
Ele foi colocando devagar.
Mona: aah.
Depois ela começou a ir rápido e eu agarrei o lençol.
Mona: aaaah Oli.
Ele começou a ir rápido e foi violento.
Mona: aaaaaaah Oli vai dev...
Eu tentei não gemer e mordi o travesseiro, agarrei as costas dele a comecei a arranhar.
Oli: Ai Mona.
Depois nós dois gozamos e ele me beijou. Depois levantou.
Mona: Pega meu sutiã pra mim e outra calcinha pra mim.
Oli: Ta bom.
Ele veio até mim e envés de me entregar a calcinha e o sutiã, comecou a chupar minha parte intima, eu agarrei a cama.
Mona: Oli, aaaaah o que... aaah... você ta aaaaaah... fazendo? aaaaaaaah
Ele enfiu a lingua e com uma mão apertou meus seios. Eu gemia, eu tentava me controlar mais aquela lingua me deixava louca.

Eu gozei. Ele se afastou e me olhou, eu estava vermelha de vergonha. Ele me levantou colocou meu sutiã e depois colocou minha calcinha. Eu fiquei deitava e fiz uma pose enquanto ele se afastava.

Logo depois ele me olhou. E deu um sorriso.
Oli: Que sexy mô.
Mona: kkkkkkk.
Eu deitei normal e suspirei.
Mona: Isso que era pra eu ficar de repouso.
Oli: kkkkkkkkk, porra, verdade.
Ele andou ate mim.
Oli: Vamo fica de repouso então.
Ele deitou atras de mim e me abraçou. Ficamos de conchinha.
Mona: Ai que delicia.

Oli: Você anda muito safada mô.
Mona: Você que me ensinou u.u
Oli: Eu? Onde? Quando?
Mona: Você me deixou curiosa depois da minha primeira vez.
Oli: Então é culpa da sua curiosidade.
Mona: Não perdi minha virgindade com a minha curiosidade.
Oli: Ta bom 50% cada um.
Mona: ta bom.
Nós ficamos conversando até que eu peguei no sono.

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo