Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Nightmares Between Dreams

Nightmares Between Dreams

Capitulo 13

Pela Diva Pandi, em 24.02.15

Dedicando pra Izzy(Izabelly) :3
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Eu acordei na hora do almoço com a mulher chamando.
Mulher: Ramona, acorda, hora do almoço.
Mona: Ah, oi, obrigado.
Eu me levantei e estava indo pra porta. Parei e me virei pra mulher.
Mona: Ah, qual seu nome?
Mulher: Eu acho que você não se lembra de mim, sou Mollie.
Mona: Ah, eu te conheço?
Mollie: Ah, sim você e minha filha eram muito amigas na infancia.
Mona: Ah, vou tentar me lembrar.
Mollie: Tudo bem.
Mona: Você sabe quando minha avó vai vir?
Mollie: A dona Victoria?
Mona: Sim *u*
Mollie: Ela chegou a algumas horas. Ela perguntou de você mais sua mão não disse nada.
Mona: Ta c: Obrigada c:
Desci as escadas rapidamente e corri pra cozinha.
Mona: Vó?
Vó: Oi, meu anjo.
Corri e dei um abraço nela e ela me abraçou também.
Vó: Quanto tempo querida.
Mona: Verdade vó *u*
Vó: Venha, vamos nós sentar.
Mona: Ta bom ●△●
Vó: Então como vocês tem passado?
Mãe: Ah estamos bem.
Vó: E onde esta Sarah?
Der repente um silencio rodou toda a mesa, ninguém nem se mexeu.
Mona: Quem é Sarah?
Vó: Como assim quem é Sarah? 
Mãe: Ramona, mais você é mesmo uma imprestável cala a boca.
Vó: Louise, o que é isso?
Mona: EU CALAR A BOCA?
Mãe: SIM, VOCÊ. VOCÊ SÓ SERVE PRA ESTRAGAR TUDO.
Vó: PAREM AS DUAS JÁ.
Eu parei pra respirar estava apoiada, me inclinando sobre ela pra poder gritar com minha mãe, mais me endireitei e sai da sala de jantar.
Vó: Louise venha. Mona na sala.
Eu cheguei e fiquei de pé enquanto minha mãe se sentou.
Vó: O que esta acontecendo aqui?
Mãe: Nada.

Mona: NADA, VOCÊ ME MANDA PRA PORRA DE UM INTERNATO E NÃO É NADA, VOCÊ NÃO APARECEU NEM UMA VEZ SÓ LA PRA FALAR COMIGO, SIMPLESMENTE ME JOGOU LA E DESAPARECEU. E NÃO ACONTECEU NADA?
Eu estava sem ar, havia gritado tudo que meus pulmoẽs aguentavam.
Mãe: VOCÊ É UMA ESQUISITA, NÃO TINHA COMO EU VIER COM VOCÊ. VOCÊ NÃO É MINHA FILHA.

Eu parei e olhei pra ela. Me acalmei e sorri. Na verdade o que ela disse era verdade, ela nunca me tratou como filha.
Mona: Ok, obrigada pelo esclarecimento.
Minha vó estava pasma com o que havia acabado de acontecer.
Mãe: Ramona, Sarah é minha filha. Eu adotei ela pra ocupar o seu lugar. Eu quis afastar você dela, de uma aberração. Vic, ela vai chegar amanha cedo. E Ramona, tente tratar ela bem.
Mona: Eu não vou tentar. Eu vou ser uma boa irmã. Mais presumo que ela nem saiba que eu exista née?
Mãe: Não, ela não sabe. Tranquei se quarto todos esses anos. Ela nunca viu fotos suas porque, ou eu queimei ou joguei fora.
Mona: Ok. Acho que agora eu vou pro meu quarto.
Vó: Mais querida você não vai almoçar?
Mona: Perdi a fome.
Subi pro meu quarto fechei a porta, fiquei deitada na cama algumas horas, depois quando era mais ou menos 21:45 fui ate o banheiro liguei o chuveiro e deixei a banheira enchendo. Quando ela terminou, entrei e fiquei um bom tempo la, olhei pra pia e eu potinho estava lá. Me estiquei até a pia e peguei uma, fiquei apenas observando. Depois de um tempo eu fiz um corte na minha perna encima da coxa, depois mais outros.


(não façam isso gentem, meol sem or u.u)
Sai da banheira e os cortes começaram a sangrar, peguei a faixa, e passei nos braços e nas pernar. Depois que eu me enxuguei guardei e limpei tudo, sai do quarto e minha vó estava sentada na minha cama, eu escondi rapidamente os braços e entrei atras da mesinha pra esconder as pernas.
Mona: Oi vó, quer falar algo comigo?
Vó: Ah, oi querida, eu só queria te chamar pra jantar mais tarde, se arrume e depois desca, ok?
Mona: Ah, ok. Mais jantar ja?
Vó: Sim, sua irmã vai chegar mais cedo do que agente imaginava.
Dei um sorriso para ela e ela retribuiu, depois veio até mim e fez um cafune como quando eu era pequena. Coloquei essa roupa pra que pudesse esconder tudo.
Dark?

Desci as escadas e estavam todos felizes e conversando na cozinha. Fui até um lugar vazio e me sentei, todos pararam de conversar e me olharam. Eu pensei 'Ta bom, ta bom, talvez eu tenho exagerado na blusa.' mais eu disse:
Mona: Que foi? '-'
Todos desviaram o olhar menos uma menina loira ela era mais ou menos assim:

Era muito parecida com minha mãe, então fiz isso:

Ela tinha mais ou menos minha idade, mais riu.
Sarah: Você deve ser Ramona.
Todos ficaram surpresos com ela saber quem eu era, admito que eu fiquei um pouco também.
Mona: E você deve ser Sarah :3
Todos continuaram olhando pra ela.
Sarah: Sim. Que foi gente, vocês acham que uma porta ia me segurar?
Eu ri, peguei um prato e me servi de macarrão, estava morta de fome pois não tinha almoçado. Terminei primeiro que todos então, pedi com licença e me retirei da mesa e subi novamente pro meu quarto.
Peguei meu notbook e me sentei na cama liguei e entrei no Skype. Oli estava 'ON' então liguei pra ele. Ele atendeu e ficamos assim:

Oli: Oi pequena, como você ta?
Mona: Com saudades, e você môzão?
Oli: Morrendo sem você :c
Mona: Ah, vamos se anime mozão, eu to aqui agora c:
Oli: Ta bom, como foi seu primeiro dia De volta ao "Lar"
Mona: Foi horrivel mô.
Eu contei tudo pra ele e imitei cada passo meu pra ele ver, ele riu quando mostrei minha pose pra entrar na casa e eu dando oi para Sarah. Mais não contei pra ele sobre minhas pernas e pulsos.
Alguém bateu na porta.
Mona: Só um segundo Oli.
Oli: Ta bom.
Mutei o Skype e fui até a porta e abri, era Sarah.
Sarah: Oi, hãm, oi.
Mona: kkkkk Oi.
Sarah: Posso entrar?
Mona: Claro.
Abri a porta e vi o entusiasmo dela quando viu meu quarto.
Sarah: Meu deus do céu, mais que perfeito. Mamãe nunca me deixaria fazer isso no meu quarto.
Mona: kkkkkkkk, nem tente fazer.
Sarah: Porque?
Mona: Nada não c:
Sarah: Fala, por favor, quero saber porque ela nunca me falou de você.
Mona: Ta bom, ela me mandou pra um internato quando descidiu adotar você. Ela não queria que você segui-se meus exemplos.
Sarah: Então ela me adotou pra ocupar seu lugar.
Mona: Não sei.
Sarah: Foi, pensa agente tem a mesma idade e eu sou loira e meu rosto é igual ao seu.
Mona: Eu não sei Sarah.
A gente conversou um pouco, eu gostei dela era gente boa e queria ser Bióloga Marinha (gnt minha mãe quer que eu seja isso kkkk). Depois que ela foi embora desmutei o microfone e vi que Oli estava dormindo. Deixei ligado me deitei e fiquei vendo ele dormir e peguei no sono tambem.

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo