Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Nightmares Between Dreams

Nightmares Between Dreams

Capitulo 09

Pela Diva Pandi, em 24.02.15

oooi gentem, mias um cap pra vocês vou dedicar essa pra Dead Moon<3
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Eu acordei olhei o celular e era 3:47, eu tinha tido outro pesadelo de novo. Acho que era porque as ferias estavam perto, eu comecei a chorar e me sentei na beira da cama e Oli acordou.
Oli: Que foi Mô?
Mona: Nada não Oli.
Eu enxuguei o rosto e torci pra ele não perceber, mais ele percebeu. Ele levantou rapidinho e se sentou do meu lado passando a mão no meu rosto.
Oli: Ei que foi pequena?
Mona: Nada não.
Eu não aguentei e comecei a chorar de novo, ele me puxou pro peito dele e eu abracei ele. Seu abraço era super aconchegante, e eu me acalmei.
Oli: Quer me contar o que foi?
Mona: Não, agora não.
Ele me puxou e nós ficamos deitados

Nós ficamos conversando até dormir.
De manha acordei e tomei um banho quentinho e dps coloquei essa roupa:
HE
Estava frio e chovendo, fui até a cama e comecei a dar um monte de selinhos no Oli até ele acordar.
Oli: Meu deus, quanto amor.
Mona: Eu to feliz vamo, acorda e toma um banho. Vo te espera aq.
Oli: Ain, ta bom.
Ele levantou e foi pro banheiro qnd voltou tava com a toalha enrolada na cintura.
Mona: Uia, qe sexy. kkkkkkkkkkkkkkkk
Oli: Sua tonta kkkkkkkkkkkk.
Pegou uma roupa e voltou no banheiro pra se trocar. Ele voltou e estava com uma calça jeans preta e um moletom com uma blusa branca por baixo gola V.
Mona: Vamo passear.
Ele tava bagunçando o cabelo.
Oli: Não tem como, ta chovendo. Merda preciso corta meu cabelo.
O cabelo de Oli ja tinha passado do pescoço
Mona: Agente não precisa sair la fora, vamo passear aq pela escola mesmo. E você ta um gato com o cabelo assim. Você fica gato de qualquer jeito More.
Oli:  Obg Mô. Cabelo seu tambem cresceu bastante ta sexy, passo dos peito.
Mona: Oshe, tarado u.u
Eu levantei e fui até ele e peguei a mão dele e tentei puxar ele mais ela ficou parado, então eu soltei a mão dele e fui andando de costas e disse:
Mona: Vem me achar.
Virei e comecei a corre. Vi que ele começou a correr tambem mais virei o corredor e comecei a correr mais. Entrei em um quarto e ouvi Oli gritar:
Oli: Mô, cade você?
Eu comecei a fuçar no quarto da menina(o) e achei camisinhas e cigarros. Ouvi os passos do Oli e me aproximei da porta, quando ele passou alguns passos, eu abri a porta e corri pro lado contrario dele.
Oli: Mô, eei, Volta aq coisa.
Vi ele fechando a porta então virei outro corredor. Abri outro quarto, era todo rosa deu até náuseas. Fucei um pouco e não achei nada que fosse útil. Talvez pompons fossem úteis para vender pra algumas vacas ¬¬ tipo Natalie. Sai do quarto antes mesmo de ouvir os passos de Oli e fui até a porta de novo. Sai e fui andando, ouvi passos então dei meia volta, mais ele me segurou por trás e me puxou, eu olhei e vi que não era o Oli, era um babaca da escola, era Tyler.
Mona: Me solta.
Tyler: O que ta fazendo andando pela escola esquisita?
Mona: Não te interessa, me solta agora.
Oli: Mô, onde você ta?
Tyler tampou minha boca me impedindo de falar ou gritar. Ele me colocou na frente dele e foi me empurrando ainda com a mão na minha boca.
Tyler: Nem pense em fazer nada.
Ele abriu a porta e me empurrou pra dentro. Eu abri a boca pra gritar pra Oli, então ele deu um tapa no meu rosto.
Tyler: Cala a boca.
Mona: O que você quer comigo?
Tyler: Sabe, mesmo sendo esquisita você sempre foi muito gata.
Ele prendeu meus braços com uma mão e a outra desceu e apertou meu peito. Eu tentei me soltar mais ele era forte, eu tentei chutar ele e ele apertou mais ainda minhas mãos e tirou a mão do meu peito e segurou meu rosto com força.
Mona: Me solta agora, e tira suas mãos de mim.
Tyler: Se não você vai fazer oque?
Mona: Eu vou gritar.
Tyler: Quero ver você tentar.
Ele soltou meu rosto e foi descendo até a cintura então eu gritei:
Mona: OLLIVER, ME AJUDA, POR FAVOR. OLLIVER, SOCOR...
Ele me interrompeu dando outro tapa no meu rosto e esse foi mais forte fazendo abrir a corte que havia na minha boca da noite passada.
Ele me pegou pelo braço com força e me jogou na cama,
Tyler: Agora você vai ver sua idiota.
Ele subiu em cima de mim e eu tentei me soltar mais não consegui, então tendei joelhada nele, mais ele não pareceu sentir nada. Ele me amordaçou e amarou minha mão pra trás. Ele passou a mão pela minhas pernas e foi subindo parando nos botoes da minha calça. Olliver não chegava e eu comecei a chorar.
Tyler: Ah,  não chora, sei qe você quer isso.
Eu tentei falar mais não consegui.
Tyler: Sabe, o ruim da mordaça é qe eu não vou te escutar gemer.
Eu tentei me soltar de novo e não consegui, novamente tentei chutar ele e segurou minha pernas. Ele tirou minha calça e eu comecei a chorar mais e tentar me soltar mais ele era extremamente forte.
Tyler: Droga fica queta não vou conseguir te penetrar assim.
Então eu consegui tirar a mordaça com a lingua e gritei:
Mona: OLLIVEEEEEEEEEEEEEEEEEEEER, POR FAVOR ME AJUDA.
Ele me deu um soco na boca e eu cai no chão, então colocou a mordaça de novo. Eu fiquei atordoada e desorientado com o soco só senti as mãos dele em mim de novo e ainda estava chorando. Der repente senti mais nada e quando minha atenção voltou vi Oli brigando com Tyler. Ele estava machucado mais Tyler também havia apanhado, Tyler deu um soco de direita no queixo de Oli e ele caiu no chão desorientado então Tyler começou a chutar ele.
Tyler: Você é um babaca, seu idiota. Fracote.
Eu juntei algumas forças e chutei a dobra do joelho de Tyler fazendo ele cair no chão. Oli consegui levantar e chutou Tyler também. Mais então ele olhou pra mim e parou, eu estava em choque. Ele me pegou no colo e me levou pro nosso quarto chegando lá. Ele me deitou na cama e tirou a mordaça e me desamarou, me puxou e me abraçou.
Oli: Desculpa ter demorado.
Mona: Ta tudo b-bem. Você C-chegou
Eu estava tremendo e Oli estava super machucado. Depois de ele ter me acalmado fui no banheiro e tomei outro banho tentando esquecer onde Tyler havia passado as mão dele. Fui mexer na minha gaveta e vi meu potinho de laminas. Peguei uma e fiquei olhando, eu fiz um, dois, três quatro, cinco, seis, sete, oito... cortes. Depois eu pensei, droga Oli não pode ver isso fique desesperada, enfachei meu braço e coloquei isso:
Super Man?
Agradeci por estar frio, assim ele não perceberia o porque da blusa de frio. Sai do banheiro e ele entrou. Eu deitei na cama e fechei os olhos esperando ele. Ouvi um barulho la dentro e me levantei e bati na porta.
Mona: Oq aconteceu?
Ele abriu a porta, estava ja sem blusa, e me olhou nós olhos então disse:
Oli: Tava procurando um remédio pra dor e achei isso.
Ele levantou meu potinho de laminas e um delas tava com sangue, eu havia me esquecido de lavar.
Oli: Oq você fez?
Ele me olhou, e pegou meu braço. Ele exitou um pouco antes de puxar a manga mais puxou e banda que eu havia enfaixado ja estava cheia de sangue. Eu comecei a chorar, e ele me olhou novamente.
Oli: Ramona, me conta o que ta acontecendo.
Então disse soluçando.
Mona: T-ta bom. Meus pais me lig-ligaram e falaram que vão vir me pe-pegar nas ferias.
Oli: Isso não e bom?
Eu coloquei a mão na cabeça, estava nervosa e chorando, estava um lixo.

Mona: NÃO, ELES SÃO UNS MONSTROS, ELES... ELES ME DESTRUIRÃO, ACABARAM COMIGO, SE EU VOLTAR... EU VOU MORRER, EU NÃO VOU AGUENTAR.
Oli: Hey hey, calma, quem sabe eles só queiram se desculpa.
Mona: Não eles só tão fazendo isso porque minha vô ta vindo pra cá, e ela quer me ver, ela é a unica na familia que não me acha um incomodo, que me entende.
Ele andou até a cama e sentou, esticou o braço e pegou minha mão e me puxou eu fiquei pertinho dele e ele abraçou minha cintura e colocou a cabeça no meu peito, e eu passei a mão no cabelo dele.
Oli: Calma Mô. Vo ta la com você se der. E você não tem irmã ou algo assim?
Mona: Não sei faz tempo que eu não falo com eles. Faz uns 2 anos.
Oli: Carai, serio Mô?
Mona: Sim.
Nós ficamos um tempo daquele geito então ele disse:
Oli: Pronto, se acalmo, seu coração ja ta normal.
Mona: Tava ouvindo meu coração?
Oli: Uhum, o que você achou que eu tava fazendo?
Mona: Não sei do geito que vc é tarado u.u
Oli: kkkkkkkkk sua boba.
Ele tomou um banho e depois se deitou na cama dele. Nós ficamos olhando um pro outro daquela distancia. Levantei e fui até ele e me sentei na beira da cama.
Mona: Posso deitar aq com você?
Oli: Vem :3
Deitei e nós ficamos assim:

Ele cantou pra mim no meu ouvido sussurando Soulstripper - A ruiva.
Oli: Não me pede pra gostar de você
Gostar tem que ser sem pedir
Mesmo que seja sem querer

Se cuida...
Ou então vem pra cá!

Como é que eu vou dizer pra uma ruiva
cheia de sardinhas no rosto
Que ainda é noite lá fora?
Como é que eu vou dizer pra uma ga...

Ele parou de cantar então percebi que havia dormido. Então fechei os olhos e fiz o mesmo.

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo